quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Ama Tua Casa





"Procure ser uma pessoa de valor, em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso. O sucesso é só consequência." 
~ Albert Einstein ~


Não te irrites

Mantém a serenidade e a cordialidade no lar, para que o ambiente doméstico opere por luz pacificadora na sociedade tumultuada em que vives.

Se não tem luz no lar, como queres dissipar a escuridão do mundo em conflito?

Compenetra-te que o lar é a célula da humanidade. Se adoece compromete fatalmente a saúde no mundo.

Aceita o teu lar por ponto de encontro de almas que aí se reúnem com o fim de se respeitar, a se ajustar mutuamente na reparação do passado de erros na reconstrução de um presente de amor com vistas a um futuro de justas alegrias.

Não transforme, pois o teu ninho familiar em caldeirão explosivo, nem em praça de desabafo das infelicitações que te alcançam lá fora, nas tuas relações com o mundo que te examina a toda hora os níveis de progresso que já alcançaste na escola da vida.

Preserva teu ninho doméstico das intempéries do tempo para que se mantenha incólume ante a borrasca da violência expressa nas mais diferentes formas dos males que assolam o mundo.

Lembra-te de que ele poderá rolar desfeito do galho da árvore do amor, se não estiver bem amarrado pelos cipós da compreensão e da solidariedade.

Contem os impulsos do personalismo que não conseguiste ainda abrandar e poda o quanto antes os brotos da viciação que ameaçam a segurança e a paz do teu ninho.

As leis do dever cobrarão o eventual descaso ou te premiarão pelo zelo à família que assumiste um dia sob o contrato do amor.

E quem ama verdadeiramente tudo faz pra tornar feliz o objeto do seu amor.
Ama a tua casa e o mundo se transformará no recanto de paz que tanto almejas e apregoas.

Com a paz do Senhor e Mestre Jesus.

~ Pelo Espírito de Joanna de Ângelis... Psicografado por Divaldo franco ~

Um comentário:

  1. Maravilhosa essa mensagem.Precisamos! beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós”
(Antoine de Saint-Exupery).

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."
(Voltaire)

"Agradecer o bem que recebemos é retribuir um pouco do bem que nos foi feito".
(Augusto Branco)...

Agradeço a visita!!
Seu comentário é muito bem vindo!
Beijos da Si Arian!

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.