sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Minha Itanhaém... Pedra que Canta... Encanta

Por incrível que possa parecer, sempre passávamos direto por ela para ir a outras cidades litorâneas, nunca adentrávamos, quando aqui cheguei foi porque nos perdemos pelo caminho e acabamos conhecendo essa cidade litorânea maravilhosa. Depois disso nunca mais quis sair, tanto é que fiz daqui o meu local de moradia. Estou muito feliz em fazer este post para esta cidade que escolhi de coração, ou será que foi ela quem me escolheu... Aqui vou falar um pouco da cidade e do meu encontro...

Fundada em 22 de abril de 1532, Itanhaém abriga uma história de lutas e batalhas desde a época de sua Capitania Hereditária. Mas também registra momentos de pura arte através das obras de seu filho mais ilustre, o pintor Benedicto Calixto. Em 1973, a cidade e seus 26 Km de belas praias e costões já foram cenário de novela e filmes como a gravação da novela ''Mulheres de Areia”, em sua primeira versão, Appassionata, Arara Vermelha entre outros.
Itanhaém, em Tupi-Guarani, designa em sua morfologia, prato ou bacia de pedra, provavelmente ligado à pia batismal em que os jesuítas batizavam os índios ou ITA = pedra e NHAÉM = barulho das águas nas pedras (canta). Conclui-se, então, que Itanhaém também pode ser traduzida pela Língua Tupi-Guarani como “PEDRA QUE CANTA”.

Itanhaém é provida de uma faixa litorânea com 14 praias, além de locais para a prática de ecoturismo, pesca e mergulho. Ao redor da cidade há uma vasta porção da Mata Atlântica, a ser explorada por terra e água...

Conhecida como Amazônia Paulista, devido aos dois rios que se destacam na região: o Preto, de coloração escura e o Branco, cristalino. O rio Itanhaém é formado pelo encontro de suas águas, fazendo com que o município seja conhecido por AMAZÔNIA PAULISTA, uma homenagem à junção dos rios Negro e Solimões, com as mesmas características, para a formação do rio Amazonas. Aqui se repete o mesmo fenômeno, que ocorre no norte do país. A cidade também oferece riachos e cachoeiras pouco explorados. É uma ótima opção de lazer e divertimento. Além do rio Itanhaém, há três grandes pontos de mergulho que também fazem parte dos atrativos de Itanhaém, a Ilha da Queimada Grande, Ilha da Queimada Pequena e Laje da Conceição.
Para ver golfinhos, não precisa ir longe, basta vir para Itanhaém... Xaréu D. Pedro II.

Com toda esta riqueza natural e cultural, presente em seus pontos históricos, em cada rua, Itanhaém preserva relíquias do período colonial no Brasil como o Convento de Nossa Senhora da Conceição, a Igreja Matriz de Sant´Anna (uma das primeiras igrejas brasileiras onde os padres Leonardo Nunes, Manoel da Nóbrega e José de Anchieta rezaram suas primeiras missas) e a Casa da Câmara e Cadeia.

Pontos turísticos hoje que é também daquele período, destaca-se a Cama de Anchieta... Local de uma belíssima paisagem que se estende por um caminho sobre as pedras e com uma vista maravilhosa do mar terminando na refrescante cama de pedra.
Aqui ainda existem índios brasileiros, que até hoje habitam o município na aldeia do Rio Branco, apesar de não ser a mesma tribo Tupi da época do padre Anchieta, e sim a Guarani. Já cheguei a comprar lindos artesanatos de um indiozinho que veio me oferecer na praia, só tinha visto índio na televisão, quando o vi me admirei...

Com toda esta maravilha que aqui encontrei, foi aqui o meu primeiro vôo solo... Por mais que estou ainda aprendendo a voar, acostumando-me com a altitude, com essa distância do solo... É tão bom voar sozinha como uma gaivota com o mar como testemunha!
Neste post, as minhas letras falam um pouco da minha cidade e também falam nas entrelinhas um pouco de mim... Letras que se desprenderam da minha trajetória e se transformou em astros, fragmentos da minha vida, faíscas da minha estrela, pedaços das minhas dores, gotas do meu sangue e, principalmente da admiração das pessoas que aqui encontrei e que se transformaram em amizade.

O engraçado é que me veio à mente neste instante... O que seria de qualquer um de nós se não fossemos percebidos ou tivéssemos alguma importância para alguém além daquela que temos para si mesmos, ninguém se basta o suficiente para não precisar da admiração das pessoas. Aqui cheguei... Aqui me apaixonei e... Aqui fiquei, encantei... Amo este lugar!!! Aliás, eu e minha família!

Que essa escolha seja o início do meu caminhar, da minha caminhada, da minha jornada rumo aos meus sonhos... Deixo-vos aqui um pouquinho da minha cidade e peço licença para deixar vocês com as minhas metades e ir-me embora para o mundo das reticências...
By Si Arian

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

"Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre."

Borboletas

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!
Mário Quintana

Eperança


Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...

Mário Quintana
Texto extraído do livro "Nova Antologia Poética", Editora Globo - São Paulo, 1998, pág. 118.

Ciúmes... São Somente Ciúmes...


Tenho ciúme do universo, com todas as suas via – lácteas, que te leva ao infinito... Viagem planetária de um astronauta só;

Tenho ciúme do Sol, astro rei do infinito. Ele que ilumina teu corpo com seus raios dourados bronzeando teu corpo sensual;

Tenho ciúme da Lua e toda constelação que exerce em ti fascínio e que ocupa grande espaço neste teu romântico coração;

Tenho ciúme da Chuva, que com suas gotas cristalinas escorregam em seu corpo acariciando-o... Deixando-o molhado e mais sedutor;

Tenho ciúme do vento que acaricia os teus cabelos e beija o seu rosto;

Tenho ciúme do mar com todas as suas ondas que vem ao teu encontro, teu corpo enlaçar com toda sua magia e sensualidade, refletindo em teus lábios e olhos as suas ilhas e o verde da cor do mar;

Tenho ciúme da noite que te faz adormecer... Embalando teus sonhos, te levam a outros lindos caminhos que nunca vou percorrer;

Tenho ciúme das rosas e flores, que em cada sorriso teu desabrocham enfeitando o teu jardim de infinita beleza...
Tenho ciúme das borboletas, que com o seu bater de assas delicado, manso, arrastado, carregam o teu sonho e fantasias que ganham vida em suas asas. E eu espero sentada no banco de um belo jardim, as borboletas aparecerem, e me levarem ao nosso encontro e nós só esperamos que elas pousem.
Não posso apressar as borboletas, pois são senhoras de si e só elas podem decidir se chegou à hora de pousar ou se ainda é preciso mais tempo... Tempo, entristeço-me com ele que te leva para longe e não ouve os meus apelos.

Nestes rabiscos mal traçados são palavras refletidas de um sentimento avassalador, ciúme de tudo que não posso competir.

Porém, no brilho destas minhas palavras descobri que sou uma ingênua menina-mulher sofredora, com este sentimento tempestuoso... Porque tendo tudo que possas merecer, é só meu teu grande amor.
By Si Arian

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010


“Se conseguir fazer seu filho sonhar, terá um tesouro que fará inveja a qualquer rei.”

Precisamos nos condenar a ser eternamente crianças para poder ver a beleza do mundo, as borboletas amarelas e as azuis...
Tania Dias Queiroz

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Mulher de Minutos


Não sou mulher de minutos
Daquelas que os segundos varrem
Para debaixo do tapete sujo
Não pinto os cabelos de fogo
Nem faço tatuagem no umbigo
Me recuso a usar corpetes e cinta-liga

Há sementes em meu ventre
São poemas que ainda não reguei
Prefiro guardá-los em silêncio
Até que o tempo amadureça meus minutos
E a vida me contemple com seus frutos

Não borro meus cílios com a solidão da noite
Nem pinto meu rosto com a palidez das manhãs
Meu corpo é feito de marés
Onde navegam mil anseios
Veleiros sem direção
Estou sempre na contramão

Poemas do livro "Mulher de Minutos"

Identidade de Mim



Posso dizer meu nome, minha idade,
o que faço e quais são meus planos para o futuro.
Isso seria apresentável?
ARQUEIRA por excelência:
As PALAVRAS são minhas FLECHAS,
As ATITUDES, A CONSEQUÊNCIA...
Assumo TODAS.
Tenho a juventude fresca na pele.
Os sonhos de uma criança
E os desejos de uma MULHER.
ELEMENTO: Ar (sou transparente)
TAMANHO: inteira
PERSONALIDADE: forte
TEMPERATURA: quente
Aprendi que a SOLIDÃO pode ser bela,
Já não me assusto mais com ela.
O CÉU é o meu TETO para o que for.
Sou INTENSA... Não quero mais pessoas que só falam o TRIVIAL,
e que acreditam que TER é SER...
Meu SORRISO é LARGO e PROFUNDO...
Sou LUZ e ENERGIA...
E as palavras e meus gestos, meu OFÍCIO...
Os SERES HUMANOS: Meu destino, minha paixão...
A VIDA: Um PRESENTE!!!!!
MEUS OLHOS FALAM POR MIM...
são o REFLEXO de minha ALMA...

Parte da orelha do Livro Mulher de Minutos - Mônica Montone

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Eu Aprendi




Eu aprendi...
...que ignorar os fatos não os altera;

Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;

Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;

Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;

Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.

Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;

Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;

Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;

Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
(Boa noite , Amor )
William Shakespeare

segunda-feira, 22 de novembro de 2010


"O que me preocupa não é o grito dos sem ética, dos sem caráter, dos corruptos, dos sem vergonha. O que me preocupa é o silêncio dos bons".
Anônimo

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Os 10 Mandamentos da Informática


1. Não instalarás nenhum equipamento sem antes verificar o local e a instalação elétrica;

2. Não comprarás nenhum hardware ou software sem consultoria ou pleno domínio do que desejas para a empresa;

3. Não mudarás para a nova versão sem explorar todos os recursos e limites da atual;

4. Não cobiçarás o projeto da outra empresa, sem desenvolver o próprio projeto;

5. Compartilharás todos os recursos de informática não deixando os equipamentos isolados;

6. Terás consciência para perceber que não é possível ter pleno domínio de tudo;

7. Farás o possível para que a informática seja investimento e não custo;

8. Não deixarás de capacitar o teu funcionário para não perder a excelente datilógrafa, ganhando uma péssima digitadora;

9. Não confundirás rede com varal de micro;

10. Não aceitarás correções de bugs com evolução do produto.

Autor Desconhecido

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

1º Aninho do Rone


Hoje você completa seu 1º aninho, como o tempo passou, você está descobrindo o mundo a sua volta, inteligente, lindo, sapeca, desejo a você toda a felicidade do mundo, que esse seja o primeiro de muitos lindos aniversários. Aproveite essa data única meu amor. Feliz Aniversário !!!!!
Mensagens Para Orkut


terça-feira, 8 de junho de 2010

A Nós Mais Um Brinde


A Nós mais um brinde...

Hoje estamos comemorando um dia muito especial, daqueles que nunca se esquece... Nunca se apaga da memória!
Com isso, tenho o imenso prazer de compartilhar com vocês, nosso 19º aniversário de casamento.

Parece que foi ontem que tomamos a decisão de ficarmos juntos. Duas crianças, achando que eram adultos. A vida estava só começando... Doce ilusão!

Juntos, aprendemos e descobrimos muita coisa, no amor e na dor.
Com esse aprendizado, descobrimos que o verdadeiro amor ia muito mais além daquilo que até então imaginávamos.

O amor foi se tornando sólido dia-a-dia, transformando-se em meses... Anos!

Brindamos ao todo 19 invernos, 18 primaveras, 18 verões e 18 outonos que estamos juntos, isso sem contar 18 aniversários, 18 natais, 18 páscoas e muitas outras datas especiais que comemoramos lado a lado.

Convivemos 6935 dias... Muitos dias de coisas maravilhosas!!! Bem, poderia ficar aqui descrevendo o quanto esses nossos 6935 dias foram mesmo fantásticos!!! Sou mesma maluca por você, são muitos dias... Mas tudo bem, fique mais 6935 dias afinal deles nasceu nosso presente mais precioso, sua luz que afinal é todinha você... Bem, desses 4015 dias são mais da metade dos nossos 6935 dias. Valeu muito a pena estes nossos 19 anos, e até mesmo dos dias não tranqüilos pelos quais nós passamos juntos lado a lado. Dos seus 14600 dias de sua existência, agradeço a Deus por fazer parte dos seus 6935 dias.

Ao longo desse caminho, nossa trajetória teve muita dificuldade que enfrentamos, muita luta vencida juntos; isso é uma demonstração de amor, carinho, perseverança... Foi preciso ter muita coragem para vencer tudo que vencemos, tudo que passamos...

Isso tudo é um grande exemplo de vida, de verdadeiro sentimento que sentimos um pelo outro...

Nossa jornada tiveram dias em que acordamos felizes, mas houveram dias que nem tudo pareceu ser tão feliz assim...

Nossa jornada tiveram dias em que acordamos bem de saúde, mas houveram dias em que ficamos bem preocupados com ela...

Nossa jornada tiveram dias em que acordamos muito felizes porque a família estava aumentando, mas houveram dias em que fomos dormir chorando, porque uma pessoinha, muito querido havia partido...

Nossa jornada tiveram dias em que estávamos bem financeiramente, mas houveram dias que passamos por várias, mas várias dificuldades...

Nossa jornada tiveram dias em que achamos que éramos a pessoa mais amada do mundo, mas houveram dias em que chegamos a achar que o amor poderia ter se acabado...

Por incrível que possa parecer... Já passamos por tudo isso e muito mais. Sabemos que muita coisa ainda está por vir. Somos fortes, estamos sempre juntos.

O Pai Maior nos abençoou com nossos dois filhos e uma filha, bem mais precioso que jamais poderíamos ter adquirido sem o poder do supremo! Pessoas que vieram nos ensinar a ser pais, saber dividir, e pensarmos em nós mesmos sempre por último... Ou até mesmo, não pensarmos no eu.

Nessa longa estrada da vida, tivemos nossos desentendimentos... Tivemos nossos acertos!

Magoamos e fomos magoados... Perdoamos e fomos perdoados!

Nas páginas do Livro da Nossa Vida, estará escrito:

"Bruxo Fábio e Si Arian estiveram sempre juntos; tanto na alegria como na tristeza; na riqueza e na pobreza; na saúde e na doença; que eles amaram e se respeitaram por todos os dias de suas respectivas vidas, confirmando assim, os votos que fizeram no dia em que se casaram."

Então, como homenagem ao meu grande amigo, companheiro, amante... esposo e a essa data tão especial, deixo aqui a música que expressa esse sentimento que sinto por ti, do meu amor por você:


Bruxo, eu te amo muito, muito e muito. E o céu é o nosso limite!!!
Obrigada por ter me escolhido como sua amiga, companheira, amante... esposa!
By Si Arian

terça-feira, 1 de junho de 2010

Acreditar e Agir


Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas e imaginava uma forma de chegar até o outro lado, onde era seu destino.

Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte. A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro.

O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho.

O viajante olhou detidamente e percebeu o que pareciam ser letras em cada remo. Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, observou que eram mesmo duas palavras.

Num dos remos estava entalhada a palavra acreditar e no outro, agir.

Não podendo conter a curiosidade, perguntou a razão daqueles nomes originais dados aos remos.

O barqueiro pegou o remo, no qual estava escrito acreditar, e remou com toda força.

O barco, então, começou a dar voltas, sem sair do lugar em que estava.

Em seguida, pegou o remo em que estava escrito agir e remou com todo vigor.


Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante.

Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, movimentou-os ao mesmo tempo e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago, chegando calmamente à outra margem.

Então, o barqueiro disse ao viajante:

Este barco pode ser chamado de autoconfiança. E a margem é a meta que desejamos atingir.

Para que o barco da autoconfiança navegue seguro e alcance a meta pretendida, é preciso que utilizemos os dois remos, ao mesmo tempo, e com a mesma intensidade: agir e acreditar.

Não basta apenas acreditar, senão o barco ficará rodando em círculos. É preciso também agir, para movimentá-lo na direção que nos levará a alcançar a nossa meta.

Agir e acreditar. Impulsionar os remos com força e com vontade, superando as ondas e os vendavais e não esquecer que, por vezes, é preciso remar contra a maré.

* * *

Gandhi tinha uma meta: libertar seu povo do jugo inglês. Tinha também uma estratégia: a não-violência.

Sua autoconfiança foi tanta que atingiu a sua meta sem derramamento de sangue. Ele não só acreditou que era possível, mas também agiu com segurança.

Madre Teresa também tinha uma meta: socorrer os pobres abandonados de Calcutá. Acreditou e agiu, superando a meta inicial, socorrendo pobres do mundo inteiro.

Albert Schweitzer traçou sua meta e chegou lá. Deixou o conforto da cidade grande e se embrenhou na selva da África francesa para atender aos nativos, no mais completo anonimato.

Como estes, teríamos outros tantos exemplos de homens e mulheres que não só acreditaram, mas que tornaram realidade seus planos de felicidade e redenção particular.

* * *

E você? Está remando com firmeza para atingir a meta a que se propôs?

Se o barco da sua autoconfiança está parado no meio do caminho ou andando em círculos, é hora de tomar uma decisão e impulsioná-lo com força e com vontade.

Lembre que só você poderá acioná-lo utilizando-se dos dois remos: agir e acreditar.

* * *

Caso você ainda não tenha uma meta traçada ou deseje refazer a sua, considere alguns pontos:

verifique se os caminhos que irá percorrer não estarão invadindo a propriedade de terceiros;

se as águas que deseja navegar estão protegidas dos calhaus da inveja, do orgulho, do ódio;

e, antes de movimentar o barco, verifique se os remos não estão corroídos pelo ácido do egoísmo.

Depois de tomar todas estas precauções, siga em frente e boa viagem.
Aurélio Nicoladeli

quinta-feira, 27 de maio de 2010

A Maravilhosa Mulher de Leão


Sou Mulher de Leão... Sou Maravilhosa!!! Todos os adjetivos abaixo me descrevem, por isso o verbo na primeira pessoa!

Muitos devem estar se perguntando nesse momento: que auto-ego, mas é assim que me sinto... Maravilhosa!!!
Existe algo na mulher de Leão que pode assustar os homens: sua popularidade com o sexo masculino! Aonde chega deixa seu rastro, lança seu olhar penetrante e normalmente chama a atenção!
Vivo cercada por muitos amigos e possuo uma coleção de ex-namorados. Se o seu homem detesta saber que é o vigésimo a ocupar o coração de uma mulher, desista! E nem pense em tentar controla-la ou forçar a barra para que jogue fora as fotos dos ex-namorados. Sou de Leão e este signo detesta ser controlado ou governado. E não tenho culpa de ter nascido com esta capacidade maravilhosa de aglutinar o sexo oposto ao meu redor! Sinto-me a verdadeira Deusa do Amor.

Dizem que a mulher de Leão é muita areia para o caminhãozinho de qualquer um.
Que é uma jóia rara que não se encontra em qualquer lugar!

Sou uma "Rainha"! Sinto-me RAINHA!!!

Não costumo demonstrar o meu amor para o homem amado, ajoelhando-me aos seus pés para adorá-lo, quando se trata da leonina, permito-me que me ame e fico do seu lado! Costumo amar com muita paixão e intensidade, mas grande parte deste amor é direcionado a mim mesma! Se existe alguém que realmente se ama, esta pessoa é a leonina! Apesar desta frase parecer um tanto egoísta, não tenho nada de egoísta. Esta mulher aqui que vos fala, pode ser muito generosa, bondosa e compreensiva. Apenas deixo claro que nunca aceitarei ficar em segundo plano! Jamais!!!

Apesar de fazer cara de pouco caso quando ouço um elogio, simplesmente não posso viver sem eles! E, é muito importante de nunca se esquecer de alimentar meu ego. Mas, seja criativo! Eu não me emociono com frases feitas ou românticas. Não adianta dizer que me ama, que está perdidamente apaixonado! Isto funciona com outras mulheres.
Comigo o melhor é dizer: "Você é espetacular! Maravilhosa!"

Tente não agradar-me com um presente barato que não represente todo amor que sente por mim, e vai acabar ouvindo um monte de verdades como nunca ouviu! Não sou gananciosa ou uma mulher de coração frio e ambicioso. Eu só acho que se tem dinheiro para comprar um anel de brilhantes, por que vai dar um brinquinho de latão?

A leonina adora gastar com roupas, sapatos e geralmente meu gosto é excelente, apesar de um pouco caro.

Eu posso parecer meiga, ter maneiras delicadas e ser tão suave e calma que podem pensar que se trata de uma Libriana. Não se iluda! Deve ser apenas uma daquelas fases quando meu orgulho está adormecido. Pois a mulher de Leão não tem nada de tímida ou submissa. E eu não fujo a regra. Tente provocar-me um pouco para ver como eu volto a ser a Leoa de sempre!

Eu quero o melhor dos homens e só me entrego quando achar que descobri o homem certo! E eu achei, mas não brinque que me vingo!!!

Adoro o homem que se mostra forte e capaz de vencer qualquer dificuldade na vida!

Em se tratando de sexo, a leonina adora dominar e buscar o prazer! O sexo para mim é um prazer e tudo que tem a ver com prazer consegue incendiar-me. Meu apetite sexual e minha desenvoltura na cama podem assustar alguns homens, mas eu não vai arredar um centímetro na busca daquele orgasmo!

Apesar de todo meu orgulho e vaidade, dificilmente sou arrogante ou insuportável, como muitos poderiam supor.

Não sou cínica e nem sarcástica que adora rebaixar as pessoas quando sente que não são merecedores de minha companhia. Eu apenas separo as pessoas de meu convívio de acordo com minha vontade sem ofendê-las ou maltratá-las. Na verdade eu costumo ser uma pessoa tão amável e carinhosa com as pessoas que fica difícil ver qualquer defeito em mim. Os amigos nunca conseguem ver em mim uma pessoa orgulhosa quando estão ao meu lado. O que eles vêem é uma mulher com tanta autoconfiança que ficam maravilhados. Meu magnetismo e charme conseguem derreter qualquer coração. Eu costumo ser um poço de bondade e nunca penso duas vezes antes de fazer um sacrifício para ajudar um amigo que está em apuros!

Ficar enciumado por que eu gosto de ser o centro das atenções masculinas é perda de tempo! Para mim é natural que os homens me desejem, isto faz com que eu me sinta mais viva! Mas nem tente fazer o mesmo com relação ás mulheres para não ter que enfrentar a minha ira!

É mais fácil encontrar chifre na cabeça de cavalo do que encontrar uma leonina que se deixe ver desarrumada.

Eu jamais vou me deixar ver vestindo um roupão velho ou os cabelos cheios de grampos e a cara coberta de creme! Na verdade, pouquíssimas são as leoninas que costumam ficar desarrumadas. Mesmo se estiver sozinha em casa eu vou preferir vestir um shorts novo ao invés de uma calça velha de moleton. Afinal, eu não me visto bem apenas para se mostrar bela para o mundo.
Se você homem estiver apaixonado por uma mulher de Leão, parabéns! Você tem uma mulher que sabe ser elegante, tem bons gostos, adora aventuras e sabe fazer amor como poucas. Ela não é do tipo que gosta de reclamar da vida ou fica deprimida facilmente. Todos os dias em que acordar e ver esta mulher ao seu lado, pode ter certeza de que é um felizardo que conseguiu conquistar uma das melhores mulheres do mundo. Sei que as vezes será um pouco duro lidar com meu jeito imponente e meu orgulho, mas os momentos de bom humor e otimismo farão com que meu homem sempre esteja pronto para levantar da cama e viver a vida com mais alegria!
Sou assim: A Maravilhosa Mulher de Leão
By Si Arian

A Mulher de Leão - Leoa Sempre Será!


A mulher de leão
Brilha na escuridão
A mulher de leão,
Mesmo sem fome
Pega, mata e come
A mulher de leão
Não tem perdão
As mulheres de leão
Leoas são
Poeta, operário, capitão
Cuidado com a mulher de leão!
São ciumentas e antagônicas
Solares e dominicais
Ígneas, áureas e sardônicas
E muito, muito liberais
(Vinícius de Moraes)

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Desabafo Pra Ti...


Estou a rolar na cama, e o sono não vem acalentar... Não consigo dormir, fecho os olhos e sou bombardeada pelos meus pensamentos.
A vontade é imensa de te telefonar, mas sei que já é muito tarde e não me atreveria a isso.
Queria te falar... Falar dos meus anseios, dos meus medos, das minhas angústias, dos ressentimentos, das decisões que preciso tomar... Estou sem rumo, sem destino. Preciso desabafar!
Já é tarde, queria ouvir sua voz...
Estou me deixando levar pelo destino, decisões sem projetos... A insegurança e o medo tomam posse de mim...
Finjo estar segura, ser forte, mas na realidade tudo me assombra...
Tenho a sensação de que estou sendo colocada a prova da minha própria vida, e esse é o pior receio.
Estou só... Nesse momento desejo tanto a sua companhia, poder sentir o seu abraço e debruçar minha cabeça no seu peito e ouvir apenas as batidas do seu coração... Sentir a sua respiração nos meus cabelos... Sentir-me segura, protegida!
Queria olhar nos teus olhos e te falar de tudo que está me atormentando!
Pergunto-me: por que quando tenho a oportunidade de falar, me calo? Sinto medo de expressar-me diante de ti...
O que vou fazer quando o novo dia chegar, quando amanhecer?
Esse desabafo pra ti fez com que me sinto um pouco mais dona de mim, mas as decisões me assustam!!! Sinto medo do amanhã! De ficar só... Deixar-te só... Sentir-me só!!!
Desejo tanto ouvir sua voz...

By Si Arian

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Fugindo...


Estou voando, voando pela vida num vôo solitário... Estou ainda aprendendo a voar!
Tento me acostumar com a altitude... A distância, a distância do solo me faz livre como os pássaros, livre para fugir!
Estou sem rumo, sem destino algum!
Estou fugindo... Fugindo do passado... Fugindo de você... Fugindo de mim!

Eu vou voando por esse céu, mas sem querer chegar...
Vôo mais depressa e com isso o meu tempo diminui.
A paisagem lá embaixo passa como vulto, sinto o vento me tocar, me beijar!
Sinto como se fosse você a me tocar, a me beijar...
Uma lágrima começa a rolar no meu rosto e, o vento como amigo a afasta e a enxuga com um toque de carinho.

Solidão... Não pude evitar...
Fujo do meu passado... Fujo das minhas incertezas, das minhas inseguranças, da tristeza!
Sinto que não tenho destino algum...

Queria ser insensível, para não ter sentimento algum, para não sofrer assim.
Não deixo marcas no meu rumo para não ter como voltar! Nada vai me fazer voltar! Nada vai me fazer sofrer!

Acelero ainda mais o meu vôo, e a minha vida passa de mãos dadas como o tempo.
Estou fugindo de mim mesma, do meu mundo confuso... Assombrado.
Sei que os caminhos que percorro não me levam a lugar nenhum, estou fugindo sem destino algum. E vou voando pela vida sem querer chegar, sem querer me encontrar, sem querer te encontrar!

Estou só... Meu companheiro é esse céu sem limite!
O deserto, atravessei... Foi onde me encontrei, olhei pra mim e me vi... Você não estava lá!
Sinto um vazio imenso... Estou só na solidão... Estou fugindo de você!

O caminho em que passei, nem você me viu passar... Mas vi você!
Estou tão longe de chegar em nenhum lugar... Não sei pra onde vou e nem quando vou parar!

Às vezes sinto que você se esqueceu de mim...
Não, não sei por quanto tempo ainda eu vou suportar viver assim... Fugindo de você... Fugindo de mim!

O meu vôo é solitário, mas por um momento tive a sensação de ver você a meu lado... Não, estou só a voar, a fugir de mim!
Vou parar de pensar em você para prestar atenção no meu vôo solitário, nas paisagens... Atravesso montanhas e oceanos sem querer chegar.

Eu vou, vou voando sem rumo pela vida sem querer chegar.

Não pude evitar, te reencontro enfim... Meu coração dispara, sonha e volta a amar dentro de mim.

Tento fugir, mas não consigo... Pois Você é o meu rumo, o meu destino e o meu lugar!!!

Agora, o bater das asas do meu voar seguem uma longa jornada em paz em direção ao infinito...

By Si Arian

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Mãe, Um Presente de Deus


Para completar o homem
Deus a fez mulher
Mas para participar do milagre da vida

Deus a fez mãe

Para liderar uma casa
Deus a fez mulher
Mas para edificar um lar

Deus a fez mãe

Para estudar, trabalhar e competir
Deus a fez mulher
Mas para guiar a criança insegura

Deus a fez mãe

Para os desafios da sociedade
Deus a fez mulher
Mas para o amor, a ternura e o carinho

Deus a fez mãe

Para fazer qualquer trabalho
Deus a fez mulher
Mas para embalar um berço e construir um caráter

Deus a fez mãe!

Para ser princesa
Deus a fez mulher
Para ser rainha

Deus a fez mãe!

Mamãe, você é o mais lindo presente de Deus para mim,
e eu, quero ser uma dádiva de Deus para você!
(Autor Desconhecido)

Esta mensagem e a montagem da foto recebi de minha filha como um dos presentes do Dia das Mães!
Obrigada meu anjinho!!!!

sábado, 8 de maio de 2010

Retrato de Mãe


Por mais incrível que possa parecer, ser mãe hoje, em pleno século XXI, apesar de toda a revolução sexual, profissional, tecnológica e científica, as mães de hoje não são muito diferente do que foram e sentiram as nossas mães, avós e bisavós. O instinto materno fala mais alto e é a essência de todas elas. Esse instinto é que as identifica, e que as coloca num único time, o das mulheres que são mães nos diversos perfis e que torna a nossa vida mais doce e paciente.
Quem não gosta de um colo de mãe, não importa se você tenha 1 mês de idade, ou 12, 15, 17, 27, 33 ou 42 anos. Por isso é muito bom ter essa figura feminina quando se é criança ou adulta. Sem elas, nos tornamos órfãos... São seres maravilhosos, angelicais, parece que são de outro mundo, pois elas sofrem por nós, se preocupam com tudo e por incrível que possam parecer, elas adivinham os nossos pensamentos, no fundo elas sabem quais são as nossas necessidades e vontades, elas não parecem ser terrenas.
Essas mulheres maravilhosas se doam de graça, com o seu amor imenso, incondicional. Nós nunca mais seremos os mesmos. Pois nós filhos a fisgamos para o resto de nossas vidas, somos aquela pessoinha que a fará passar noites em claro, ter preocupações se o pequenino sente frio, se sente calor, se comeu, compartilhar o momento do primeiro dente, as primeiras palavras, o primeiro dia de aula, os primeiros “tudo” no crescimento do filho. É emoção seguida de emoção... E o será para a vida toda. Quando os filhos crescem, existirá outro tipo de emoções, mas as mães continuarão as mesmas em seus sentimentos.
O mais majestoso é que podemos ser filhas e mães... E nessa deliciosa troca de papéis, conseguimos nos colocar mais no lugar da nossa mãe e entender melhor as preocupações e até mesmo as broncas e os puxões de orelhas que normalmente recebíamos sem sabermos o real motivo... Parecia injusto!
Como mães, chegamos à conclusão que não conseguimos fazer tudo certo o tempo todo, e precisamos nos tornar porto seguro de nossos filhos, mesmo que em algum momento não nos sentimos tão seguras assim e nessa hora dá uma vontade imensa de gritar “eu quero a minha mãããããããããeeeeeee!!!!” . E porque não gritar?! Podemos sim, pedir colo, abraço, beijo e cafuné. Afinal, nós, além de mãe, somos, e sempre seremos filha!!!
"Mãe, feminino de amor"...

Deixo aqui a minha homenagem para essas mulheres maravilhosas, que são ou não mães biológicas, mas que tem muito amor para oferecer.
Parabéns pelo nosso dia!!!!

By Si Arian

Retrato de Mãe
Uma simples mulher existe que,
pela imensidão de seu amor, tem um pouco de DEUS,
e pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo,
que, sendo moça, pensa como uma anciã e,
sendo velha, age com as forças todas da juventude,
quando ignorante, melhor que qualquer sábio desvenda os segredos da vida,
e, quando sábia, assume a simplicidade das crianças.

Pobre, sabe enriquecer-se para que seu coração não sangre ferido pelos ingratos.

Forte, entretanto estremece ao choro de uma criancinha.

E fraca entretanto se alteia com a bravura dos leões.

Viva, não lhe sabemos dar valor, á sua sombra todas as dores se apagam.

E, morta, tudo o que somos e tudo o que temos daríamos para vê-la de novo, e dela receber um aperto de seus braços, uma palavra de seus lábios.

Não exija de mim que diga o nome dessa mulher, se não quiserem que ensope de lágrimas este álbum, porque eu a vi passar no meu caminho.

Quando crescerem seus filhos, leiam para eles esta página eles lhes cobrirão de beijos a fronte, e dirão que um pobre viandante, que em troca de suntuosa hospedagem recebida, aqui deixou para todos o retrato de sua própria MÃE...

Don Ramon Angel Jara (Bispo de La Serena–Chile)








quinta-feira, 15 de abril de 2010

Eu Queria Ser Um Anjo

Eu queria ser um anjo!
Ser o anjo que vela, o anjo que guarda, o anjo que protege...
Quebrar todas as barreiras e ser apenas um anjo.
Mas não é permitido a um anjo amar uma única pessoa;
Seu amor não pode ser exclusivo;
Seu amor deve ser extensivo...
Não é permitido a um anjo chorar por todas as pessoas;
Seu pranto é exclusivo.
Que anjo eu posso ser?
Que amor eu poderei dar?
Que olhos irão me ver?
A quem eu irei amar?
Eu queria tanto ser um anjo!
Ter a bondade nas faces, a sabedoria no olhar;

Saber sorrir, saber confortar.
Saber entender aos aflitos, saber ensinar;
Ir ao encontro de todos...
Um anjo qualquer!
Um anjo comum!
Atender as preces dos necessitados;
Atender a procura de afeto de uma criança;
Um anjo que aprende com a dor;
Um anjo que aprende com o amor...
Beijar a face daquele que suplica;
E serenar a raiva do inimigo cruel.
Por fim, eu queria ser um anjo...
E poder quebrar todas as regras celestiais;
Sentir o amor único e exclusivo;
E chorar por todos os demais...

"Eu queria somente ser um anjo!"

Fonte: http://www.mensagensangels.com.br


Prece de Cáritas

Psicografada na noite de 25 de dezembro de 1873 pela médium Madame W. Krill, Ditado pelo Espírito Cáritas, num círculo espírita de Bordeaux, França.

Deus nosso Pai, Vós que Sois todo poder e bondade.
Dai a força àquele que passa pela provação.
Dai a luz àquele que procura à verdade.
Ponde no coração do homem a compaixão e a caridade.

DEUS,
Dai ao viajor a estrela guia,
Ao aflito a consolação,
Ao doente o repouso.

PAI,
Dai ao culpado o arrependimento,
Ao espírito a verdade, A criança o guia
Ao órfão o pai

SENHOR,
Que a Vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste.
Piedade Senhor para aqueles que não Vos conhecem,
A esperança para aqueles que sofrem.

Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores
Derramarem por toda parte a paz, a esperança e a fé.

DEUS,
um raio, uma faísca do Vosso amor pode abrasar a terra.
Deixai-nos beber nas fontes esta bondade fecunda e infinita
e todas as lágrimas secaram, todas as dores acalmar-se-ão.

Uma só oração, um só pensamento subirá até Vos,
como um grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha
nos Vos esperamos com os braços abertos
Oh bondade ! Oh beleza ! Oh perfeição !
E queremos de alguma sorte alcançar Vossa misericórdia.

DEUS,
Dai-nos a força de ajudar o progresso
a fim de subirmos até Vos.
Dai-nos a caridade pura.
Dai-nos a fé e a razão.
Dai-nos a simplicidade, que fará de nossas almas...
um espelho onde se refletirá a Vossa Santa e Misericordiosa imagem.

Sobre Cáritas

A prece de Cáritas é divina, mas, sua denominação e sua origem são pouco conhecidas. “Chamo-me Caridade, sou o caminho principal que conduz a Deus; segui-me eu sou a meta a que vós todos deveis visar”. O que se apregoa nos meios religiosos e principalmente no movimento espírita é que Cáritas é um espírito que se comunicava através das faculdades de uma das grandes médiuns, Madame W. Krell, em Bordeux, na França. Cáritas esteve encarnada na época do Imperador Diocleciano ano de 244, na figura de Irene que foi martirizada em Roma no ano de 305. Canonizada por sua religião, veio a ser conhecida como Santa Irene, ela foi convertida ao Cristianismo e com cristã sofreu perseguição, foi acusada de possuir “livros proibidos” e foi condenada a fogueira. No Evangelho Segundo Espiritismo e na Revista espírita existem várias mensagens de Cáritas editada por Allan Kardec. A prece “Cáritas” foi psicografada pela Madame W. Krell, na véspera de um Natal de dezembro de 1873, portanto, há 137 anos. Madame Krell, esquecida no presente pode ser considerada um dos maiores médiuns psicográficos da história do Espiritismo.
(Baseado no texto de Antonio Paiva Rodrigues, publicado no Portal do espírito. org.)

“O que quer que seja que pedirdes na prece, crede que obtereis, e vos será concedido.”
(São Marcos, cap. XI, v.24)

A prece é uma invocação; por ela um ser se coloca em comunicação mental com outro ser ao qual se dirige. Ela pode ter por objeto um pedido, um agradecimento ou uma glorificação. Pode-se orar por si mesmo ou por outrem, pelos vivos ou pelos mortos. As preces dirigidas a Deus são ouvidas pelos Espíritos encarregados da execução das suas vontades; aquelas que são dirigidas aos Bons Espíritos são levadas a Deus. Quando se ora a outros seres, senão a Deus, é apenas na qualidade de intermediários, intercessores, porque nada se pode fazer sem a vontade de Deus.
(KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo, p. 231-232)

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Caixa de Pandora


"Conta a mitologia grega que, no início da Criação, o Titã Prometeu foi designado pelos deuses para organizar a matéria em confusão, dando origem à natureza e às demais formas de vida animal.
Depois de organizar a Terra, o ar e as águas, fez o homem. E porque os homens se sentissem muito sós, com a ajuda dos demais deuses, criou a mulher.
Casou-se com a primeira linda mulher que criou, a quem chamou Pandora.
Disse à sua esposa que tudo o que existia em seu reino pertencia a ela também, e que ela poderia usufruir de tudo, mas não poderia tocar numa caixa que ele guardava num dos cantos do quarto.
Dizer a Pandora que não a tocasse, foi o suficiente para lhe despertar a curiosidade. No primeiro momento em que ela se viu só, na enorme mansão, buscou a caixa e a abriu...”

Assim que li esse texto sobre a Caixa de Pandora, logo me veio à mente: e a minha Caixa, como ela se encontra?... Também estava num canto do meu pequeno mundo... Do meu refúgio de solidão e paz... Naquele meu abrigo, no sótão...

Subi a escada bem devagar, degrau por degrau... Estava sem pressa de chegar, pois esse local é visitado por mim poucas vezes... Lá guardei as minhas lembranças, recordações, reflexo do passado.

Abri a porta devagar, olhei atenta a tudo que lá existe e, num dos cantos escondido encontrei o meu velho e amigo baú. Estava empoeirado, já há muito tempo que não remexo nele!

Assim que levantei a tampa do baú, ele se abriu em vários níveis, internamente parece ser maior que o exterior... Em cada nível que ia remexendo, saíam de sua intimidade todas as minhas recordações... Muito variadas por sinal.
Neste baú se encontram as minhas fotos preferidas, pois são imagens de grandes momentos de minha existência, nelas contém fotos da minha infância, fotos de escola, dos amigos que hoje não possuo contato, mas que estão guardadas lá no fundo desse baú... Nelas contém os sorrisos gravados e em algumas percebi certa tristeza em alguns olhares. Estranho!... Só percebi isso hoje, no momento em que foram tiradas as fotos não tinha reparado. Tentei imaginar porque daqueles olhares tristes, não soube explicar! Mas na maioria continha sorrisos... E esses eu soube explicar alegria do momento contida naquele pedaço de papel, amarelado por sinal.

Existem também as fotos dos momentos de noivado, casamento, nascimento dos filhos, dos fins de semanas com os amigos... São tantas fotos, mas todas refletem valor inestimável.

Fui olhando uma a uma, em algumas senti a mesma emoção do momento em que o flash foi disparado, outras não tive a mesma sensação...

Percebi que nessa caixa havia partes de mim, emoções contidas, lembranças jamais esquecidas, objetos que guardei com muito zelo para serem revistos. O meu eu contido ali, naquele pequeno baú.

Encontrei o meu disco de vinil preferido, pois nele constam as minhas músicas favoritas... Sorri... Músicas que trazem a mente momentos de alegrias, tristezas, ilusões, desamores e amores guardados... Jamais esquecidos...

Em outro nível encontrei presentes recebidos de pessoas que passaram pelo ciclo de minha existência... Não pensem vocês que eram presentes de grande valor monetário, não, eram presentes que ao momento que é visto parecem aos olhos alheios insignificantes... Perante aos meus olhos, o valor é inestimável... É uma pétala de uma flor desidratada, essa folha ressecada fez parte de um momento inesquecível... Lá continham um anel sem o brilho do momento recebido de uma pessoa querida... Ri com o que encontrei logo após... Medalhas recebidas por uma pessoa, por merecimento em esportes físicos, medalhas de ouro, prata e até cobre. Essa pessoa me ofertou esses objetos em forma de carinho, mostrando o quanto era ágil, versátil naquelas modalidades... Logo pensei, porque será que me foi dado todas essas medalhas? Deduzi, deve de ser porque hoje a pessoa está impossibilitada de praticar tais atos, e me deu como uma forma de carinho e gratidão daqueles momentos importantes em sua vida... Momentos de muita alegria.

No nível seguinte, encontrei cartas recebidas de um amor eterno... Não precisava abrir, pois sabia o que continha em suas linhas, rabiscadas com a emoção e sentimento do momento... Sentimentos presos ali, naquelas folhas amareladas com o passar do tempo. Alguns envelopes eram bem recheados de páginas e páginas escritas com palavras ditas naquele momento, outros finos, guardavam muitas palavras que ficaram por dizer, mas que estavam nas entrelinhas. Guardei com cuidado e carinho que elas mereciam.

Em outro nível, encontrei duas camisetas amareladas pelo tempo... Em uma das camisetas, a mais antiga estava estampada a foto do meu filho mais velho, na outra estava estampada os pezinhos da minha filha com a seguinte frase: "Nestes meus pequenos passos, te seguirei para toda a vida!" Continha também desenhos deles, rabiscos coloridos da fase de jardim... Pré... Não pude conter as lágrimas, essas teimavam em cair... Mas eram de emoção de um passado não muito distante, aos poucos elas cessaram e eu quando me dei por conta estava a sorrir.

Encontrei também a minha primeira boneca... Estava toda descabelada, mas aos meus olhos continua a mesma doce lembrança de uma infância...

Num nível mais abaixo, todo empoeirado, encontrei algo que estava bem escondido no fundo... Já tinha aberto algumas vezes esse meu baú, mas nunca a tinha visto... Sem me dar conta das outras vezes de que ela estava lá... Hoje me dei conta de que no fundo estava guardada a esperança!

No entanto, ainda resta para mim a esperança... Esperança de algum outro dia, não sei prever quando, poder rever, recordar, reviver, arrebatar tudo isso novamente... Ficar extasiada, após toda essa nostalgia ressurgida de dentro d’alma de uma idade passada contida nesse meu velho baú... Como na velha caixa de pandora...

Fui fechando o meu velho baú bem devagar, fechando nível por nível. E em cada nível que fechava, pareceu-me o baú a me falar, afirmando para quem O quisesse ouvir:

"Eu estou aqui... Nunca estareis a sós."

By Si Arian

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Meu Refúgio de Paz


Escolhi esse local como meu refúgio de paz, um canto de harmonia, um abrigo localizado no sótão - uma casa antiga. Com direito a janela que dá para o jardim e clima de total aconchego com os tons branco e verde do mar ao fundo, uma obra de arte. Assim é o meu quarto... Um sótão que foi transformado em um lugar íntimo e tranqüilo!

Aqui, faço desse local o meu refúgio e prisão... O meu cantinho de silêncio... Aqui me escondo e, é onde me abrigo, na calma desse refúgio, aqui dentro, vivo o tempo numa forma diferente. Um lugar onde mantenho o pensamento fértil de sonhos...

Às vezes fico aqui... Sozinha no escuro e com medo de tantas coisas, inclusive dos próprios olhos que não fecham.

Hoje, aqui nesse meu refúgio e prisão, trago nessas palavras a beleza de minha vida, rabiscos que encho a folha branca, vazia, encho essas páginas rabiscadas de amores, de ilusões, de dissabores, de oceanos, de luares, de sonhos…

Mancho as letras com as lágrimas da realidade, rasgo as folhas de papel e choro… A palavras surgem com as lágrimas que caem dos olhos… As frases transformam-se em nó e enrolam-se na garganta… A angústia às vezes chega a ser inquietante… E estas palavras surgem do coração, fazendo-se nascer no peito…

Olho para a imensidão do mar através da janela desse refúgio e vejo pássaros ao longe a voar desalinhados, avisando que uma embarcação está a chegar no porto da solidão…

Olho para a fonte da saudade e vejo somente lágrimas a jorrarem na esperança de encontrar um abraço, um beijo quente… Que não vem com a brisa do mar ou com o vento que acaricia as folhas das árvores e flores do meu jardim…

Aqui, neste refúgio de paz, onde me escondo, neste silêncio tranqüilo, neste conforto suave, vejo passar outros corpos, sinto outras almas, aprendo-lhes os sentidos e absorvo-lhes a intimidade. Descubro em todas elas pedaços de mim, mas, apenas em algumas me descubro. E nesse ser que me descubro, encontro você. Este ser que parece irreal, esse marujo que desembarcou nas areias branca desse mar!
Neste local, que ás vezes se torna ensolaradas como as manhãs de primavera ou cinzento como as manhãs de outono... Um dia te encontrei quando nossos olhares se cruzaram, vi, no teu olhar, a outra parte de mim. No meu olhar cinzento, descobri um dia, um grande pedaço de mim... Descobri-me num todo, completo... Estendes-te a mão e me agarrou em seus braços. E eu sem reação, deixei-me envolver... Fui ao seu encontro, ao encontro do seu corpo, livre de medos e receios.

Você reavivou em mim emoções que eu queria manter abafadas e, escondidas... Mas foi exatamente nesse momento que voltei a sonhar... Sou tua, e a vontade de te ter sempre por perto é maior do que eu possa resistir

Em seus braços encontro meu Refúgio... Encontro a Paz... Esqueço o mundo lá fora!

A sua voz parece o murmúrio do vento... O seu olhar parece estrelas... O seu toque parece raios da lua que ilumina o meu corpo... O seu corpo é meu abrigo, eterno refúgio de aconchego.

Neste momento mágico de eternos amantes, só existe você e eu... A lua e as estrelas são nossas testemunhas, cúmplices deste momento!

O seu amor me completa... Você é a minha outra metade. Vem todos os dia e noites, vem como a primavera florescer em mim, iluminado tal qual o amanhecer de um lindo dia de verão...

Quero estar sempre ao seu lado neste meu refúgio, sonhando acordada, me entregando de corpo e alma até o nascer de uma nova manhã e ao entardecer de uma noite.

Todas as noites vou me refugiar nesse lugar mágico... E sonhar que isto não é um sonho... No meu refúgio de paz

By Si Arian

quarta-feira, 31 de março de 2010

Uma Reflexão Sobre o Amor e a Vida

Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer
senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.
Às vezes nos falta esperança. Às vezes o amor nos machuca profundamente,
e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.
Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar,
tanto quanto precisamos respirar…é nossa razão de existir.
Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.
Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração
pela falta de uma única pessoa.
Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver,
até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol,
a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto.
É a força da natureza nos chamando para a vida.
Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança,
te traíram sem qualquer piedade.
Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo.
Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor,
apenas transaram…
Descobre também que outras disseram eu te amo uma única vez.
E agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá
ajudá-las a reconstruir um coração quebrado.
Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores
importantes: a relação com a família, as condições econômicas nas quais se desenvolveu.
(dificuldades extremas ou facilidades excessivas formam um caráter), os relacionamentos anteriores
e as razões do rompimento, seus sonhos, ideais e objetivos.
Não deixe de acreditar no amor. Mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém
que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá.
Manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam. E certifique-se de que
quando estão juntos, aquele abraço vale mais que qualquer palavra.
Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa
te deixar, então nada irá lhe restar.
Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento,
manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco.
Pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda
mais intenso, do que teria sido no passado.
Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário.
Existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo.
A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna.
A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não
esteja apenas de passagem…
By François de Bitencourt

Guarde o seu sorriso só prá mim,
que eu te dou o universo em meu olhar.
Se sentir na pele um arrepio,
são meus dedos te tocando prá te contar...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã da vida

Guarde o seu sorriso só prá mim,
que eu te dou o universo em meu olhar.
Se sentir na pele um arrepio,
são meus dedos te tocando prá te contar...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã da vida

Quero convencer seu coração,
que o meu amor foi feito prá você
Quero te dizer que esta paixão,
não encontra outra forma prá dizer...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã da vida

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã, da vida

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.